As Dolomitas em MTB : uma paisagem única no mundo

As majestosas Dolomitas, património mundial da UNESCO, são um dos maiores desafios para excursionistas e ciclistas. O amplo território vai desde Trentino-Alto Adigio e Véneto até às Dolomitas de Belluno, Itália. Há que viver esta experiência pelo menos uma vez na vida, recomendável especialmente nos meses entre junho e outubro, quando, pouco antes do início da temporada, poderá encontrar neve a partir de 2000 metros de altura. No entanto, tem uma média de 300 dias de sol por ano.

Vamos falar de 2 famosos vales desta região: Val Gardena e Val di Fassa. Aqui, estão localizados centros de trails de MTB, uma eficiente rede de caminhos acessíveis com teleférico, que abrem também no verão e fazem parte do distrito de Dolomiti Supersummer.

Val Gardena

Uma meta habitual para os amantes do esqui, nos últimos anos veio-se a converter também num destino de MTB. Encontra-se a 40 km da cidade de Bolzano, mas as melhores localidades para se alojar são Ortisei, Santa Cristina e Selva di Val Gardena, no fundo do vale. A rede de caminhos de Val Gardena é impressionante: mais de 1000 km de trail e 30 rotas de MTB ligam as aldeias e as montanhas. Aqui, há de tudo: desde descidas por trilhos a pique estre pastos verdes, até caminhos únicos pelos bosques. Os teleféricos permitem aceder rapidamente às rotas alpinas e, como é a alta montanha, aproveitar a oportunidade de chegar até ao topo sem esforço. Desde Canazei, é possível pedalar no famoso circuito de Sella Ronda e escolher a roda que rodeia o Latemar. Pode encontrar mais informação aqui.

Sella Ronda MTB Tour

A rota panorâmica cruza quatro dos portos de montanha mais famosos das Dolomitas: Gardena, Campolongo, Pordoi e Sella, e pode-se percorrer em ambos os sentidos. Pedalar ao lado do grandioso maciço de Sella é uma das experiências mais gratificantes da bicicleta de montanha. Graças aos eficientes teleféricos destes portos, pode-se completar a rota num só dia, a partir de qualquer uma das aldeias que rodeiam o Sella (Selva Gardena, Corvara, Arabba, Canazei ou Campitello di Fassa). A rota no sentido dos ponteiros do relógio (58 km com um desnível de 3.730 m) é ideal para os amantes de descidas técnicas em caminhos estreitos. No sentido contrário (53 km e 3.250 m de desnível), é ideal para aqueles que gostam de pedalar costa acima.

Val di Fassa

Outra localização icónica para MTB. Moena é a sede de uma das Granfondo MTB mais tradicionais de Itália. Além disso, por este vale passa também um trecho considerável da rota da Sella Ronda Hero. Em Canazei, foi construído, há dois anos, o Fassa Bike Park, com rotas gravity de todos os níveis, composto por 7 pistas. O Fassa Bike Park está aberto desde 11 de junho até 24 de setembro. A entrada custa 29€ para todo o dia e 23€ apenas para a tarde. Pode encontrar mais informação sobre as rotas aqui.

Mais informações

Os diversos teleféricos estão abertos desde a primeira semana de junho até à primeira semana de novembro. O bilhete simples custa 14€, mas há também passes diários ou de fim de semana. O passe SuperSummer (45€ por um dia, 105/140€ para 3/5 dias, com o transporte da bicicleta incluído) permite aceder aos quase 90 teleféricos em 12 vales das Dolomitas e ainda é válido para o Sellaronda MTB Tour (o passe diário substitui o Sellaronda Bike Pass). O PanoramaPass de Val di Fassa custa 58€ e é válido durante três dias. Pode encontrar mais informação aqui.

Encontre todo o equipamento de MTB na Deporvillage.

Marco Trabucchi

 

Summary
As Dolomitas em MTB
Article Name
As Dolomitas em MTB
Description
As Dolomitas em MTB : uma paisagem única no mundo
Author
Publisher Name
Deporvillage Magazine
Publisher Logo

Deixar um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here